Especialista dá dicas de inglês para entrevistas

UOL NotíciasEntrevistas de emprego em inglês são cada vez mais comuns no mercado de trabalho atual. No entanto, a falta de prática e o nervosismo comum em situações como essa fazem com que bons candidatos percam grandes oportunidades de carreira. Confira as dicas do nosso diretor Augusto Rocha, publicadas no UOL Notícias.

Vejam cinco dicas para se preparar melhor para uma entrevista de emprego em inglês:

1 - Pratique respostas para as questões mais comuns em entrevistas de emprego

Seja em português ou inglês, algumas perguntas são feitas com bastante frequência em entrevistas. Abaixo segue roteiro com as 10 perguntas mais comuns:

Tell me about yourself Me fale sobre você
Tell me about your 3 greatest achievements. Fale sobre suas três maiores realizações
Are you satisfied with your career to date? Você está satisfeito com sua carreira até hoje?
Tell me about a difficult situation you have faced and how did you tackle it Me fale de uma situação difícil que você já se deparou e como você a encarou
What do you like about your present job? O que você gosta no seu atual emprego?
What do you dislike about your present job? O que você não gosta no seu atual emprego?
What are your strengths? Quais são os seus pontos fortes?
What is your greatest weakness? Qual é o seu maior ponto fraco?
Why do you want to leave your current employer? Por que você quer sair do trabalho atual?
Why should we hire you? Or Why do you think you are the best candidate for this position? Por que deveríamos contratá-lo(a) ou Por que você acha que você é o melhor candidato para essa vaga?

2 - Treine o vocabulário relativo à área

Estudar o vocabulário em inglês correspondente à área de atuação é importante para mostrar ao entrevistador que o candidato conhece o segmento ao qual faz parte. Para não ser pego de surpresa é importante fazer uma lista com as palavras e termos mais comuns. Uma boa dica é ler artigos técnicos e publicações segmentadas. Dessa forma, o candidato terá a oportunidade de se familiarizar com um novo vocabulário.


Também esteja preparado para falar de assuntos relativos à indústria à qual a empresa pertence ou assuntos gerais da atualidade. Exemplo de perguntas nessa linha:

What is your opinion about the financial crisis in Europe? Qual é a sua opinião sobre a crise financeira da Europa?
What is your view about the world cup being held in Brazil? Qual é a sua opinião sobre a copa do mundo no Brasil?
What do you think is the trend for retail companies? Em sua opinião, qual será a tendência no mercado para empresas de varejo?
Do you think the economical prosperity in Brazil will continue in the next 10 years? Você acha que a prosperidade econômica no Brasil vai continuar nos próximos 10 anos?
Do you think the real estate price will continue to raise in Brazil in the next years? Você acha que o preço dos imóveis vai continuar a aumentar no Brasil nos próximos anos?


3 - Elabore um roteiro e treine a pronúncia das palavras.

Com as duas dicas anteriores, o candidato consegue visualizar quase todas as perguntas que podem ser feitas. Recomenda-se então elaborar um roteiro com as perguntas, treinar as respostas e se certificar sobre a pronúncia correta, principalmente termos técnicos. Em caso de dúvidas, recorra a professores, amigos com maior nível de fluência ou procure na internet. Há excelentes ferramentas com sintetizadores de voz disponíveis na internet e que conseguem reproduzir com precisão palavras em diferentes idiomas.

4 - Pesquise sobre a empresa

Esta dica serve para além da entrevista em inglês. Sendo considerada por especialistas da área de recrutamento e seleção como a principal “lição de casa” que candidatos devem fazer,  pesquisar sobre a empresa demonstra interesse pela vaga e certamente garante pontos a mais com o entrevistador. Se for uma multinacional, é importante acessar o site em inglês e pesquisar sobre os produtos e o mercado. Se for uma empresa de capital aberto, deve-se buscar dados de faturamento para fazer perguntas pertinentes sobre a empresa no Brasil e globalmente durante a seleção.

5 - Postura e Comportamento

Em hipótese alguma o candidato pode atrasar. Não existem desculpas para atrasos e em quase 100% dos casos, aquele que chega tarde a uma entrevista é eliminado no início do processo. Americanos e europeus, prováveis entrevistadores, são muito mais intolerantes a atrasos do que os brasileiros. Verificar a origem do entrevistador antes da seletiva, levando em consideração os diferentes aspectos culturais, também é uma boa alternativa para se sair bem.

Publicado por: UOL Empregos - 04 jan 12

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar